Páginas

sábado, 7 de julho de 2012

HERESIAS NA ASSEMBLEIA DE DEUS

  Certo companheiro me confidenciou sobre um fato que ocorreu e está ocorrendo dentro de algumas Assembleias de Deus. Ou melhor, fatos que antes não aconteciam dentro de nossas Igrejas. Ora, a nossa denominação sempre foi uma das Igrejas que sempre conservou a sã doutrina e os bons costumes. Destarte, porque será que coisas estranhas está ocorrendo sem que alguém se levante e acabe com tais fatos, pois será que vamos voltar as fábulas ou ficarmos assistindo sem fazermos nada?

  Há no nosso blog temas que escrevemos que visam justamente a precaução desses movimentos e comportamentos heréticos que ocorrem dentro de algumas Igrejas. Todavia, por que será que alguns pastores são enganados por supostos obreiros que mais querem se promover para sair por ai dizendo coisas ao povo e os tais pastores são os primeiros a aceitar. 

   Um cidadão porque possui um “Titulo” de pastor se acha no direito de chegar numa Igreja e falar que Jesus “Batizou as galinhas com o Espírito Santo”. Ora, isto é uma aberração e no mínimo blasfêmia, pois em nenhum lugar na Bíblia encontramos apoio para tal coisa. Se isso ocorresse em qualquer outro lugar talvez devêssemos ficar calados, mas dentro do Contexto assembleiano é inadmissível a tal heresia. Pergunto onde estão os pastores, ou o pastor responsável por esse cidadão que anda pregando a tal aberração, pois os tais são os responsáveis pelo comportamento de seus obreiros.

   Diante de tamanha coisa é preciso se ler mais a Bíblia, e a culpa disso são justamente esses pastores que não têm formação teológica, e que não alimentam bem a Igreja de Jesus Cristo. Pois digo que, se sou o pastou dessa Igreja, tinha tomado o microfone dele, ordenando-o que se sentasse ou saísse do púlpito. Destarte, púlpito de Igreja é lugar para se ministrar a Palavra de Deus e não se contar “heresias e contravenções teológicas”. Ou melhor, infelizmente o povo estar ouvindo tais aberrações sem ter o direito de contradizer os tais, ou seja, porque possuem o titulo de pastor são como se fossem semideuses.
  Ora, vejo que são contradições e heresias das mais absurdas, ou melhor, já vimos alguns com: Dente de ouro, cair no espírito, outros ungindo toalhas e mandando o povo engolir, etc. E agora surge no cenário nacional das assembleias de Deus alguém dizendo que “Jesus Batizou as Galinhas com espírito Santo e depois usou um galo para falar com ele”, é no mínimo uma blasfêmia e uma contradição Bíblica. 

  Não sou o dono da verdade, mas ainda acredito na Bíblia, e procuro conferir se realmente tem base as coisas que acontecem em volta de nós. Mas, a maior parte do povo de Deus são pessoas simples e humildes, outras que até poderia questionar os tais, mas não os fazem porque respeitam seus líderes espirituais.  Como já disse, alguns estão mais preocupados com pregadores que chegam em seus púlpitos com testemunhos dessa natureza, e iludem o povo a acreditar em tal falácia. É bem verdade que existem alguns dizendo que Deus “Usou a Jumenta para falar” com Balaão, e não vou julgar, Deus sabe de tudo.... mas talvez alguém pegou o referido exemplo para criar essa aberração, e supostamente ter o apoio com o exemplo de Balaão. Não vamos ser incoerentes quanto aos fatos supostamente inventados por pessoas que a meu ver não possuem maturidade espiritual e ministerial para sair dizendo tais aberrações. O caso de Balaão é um fato Bíblico, ou melhor, Deus usou uma jumenta para repreender um profeta que estava fora da direção de Deus, ou seja, a ocasião era aquela pela circunstâncias de fato por não existir outras pessoas. Pois acredito que se tivesse alguém ali, Deus não iria usar uma jumenta e sim um profeta para repreendê-lo. 

  Acreditamos no que a Bíblia diz, e longe estamos de querermos ser o dono da verdade, mas é preciso averiguar os fatos para não sermos enganados por “ventos de doutrinas” que não têm fundamentos Bíblicos. Destarte, é incrível tais coisas no contexto das Assembleias de Deus, pois uma Igreja que sempre preservou os bons costumes aferidos pela Bíblia, e vem alguém com coisas bizarro é no mínimo um desrespeito a nossa Igreja. E tais coisas servem mais para os escárnios de pessoas que ficam na Internet falando mal da Igreja e dos cristãos e chamando o povo do Senhor de desenformado, porque para se admitir tal coisa só mesmo os crentes. Para se comprovar isto vejamos abaixo:

“Pastor diz que Jesus batizou galinhas no espírito santo e Deus falou com ele através delas. Você acredita?
Em resumo, um pastor conta o testemunho em que ele queria suicidar e Deus falou com ele através de galinhas que foram batizadas no espírito santo. As galinhas ungindas falavam em linguas estranhas e um galo traduzia para o pastor o que a galinha divina falava”.

“KKKKKKKKKKK...acredito..Ôo SE acredito!
Esses"pastores" são uma comédia!O pior é que eles visam o povo mais humilde que, infelizmente, é cheio de crendices e superstições e por isso enchem os bolsos desses estelionatários da fé de dinheiro!!!!
“Eu sinceramente não acredito nesse pastor, no meu modo de pensar Deus não iria usar galinhas para falar com ele. Existem muitos falsos profetas por aí dizendo horrores, só para atrair as pessoas para suas igrejas. Esse homem que se diz ''pastor'' pra mim é mais um desses falsos que pregam por aí atrás de fama e dinheiro. Pensa bem, imagina se alguém iria aguentar ouvir um galo falando sem ao menos desmaiar de medo e susto...”

José Roberto de Melo – É Bacharel em Teologia, Professor de Teologia Sistemática, é Escritor e estar se Graduando em Direito pela Unip Universidade Paulista  – 2012.

4 comentários:

  1. Satanás se transformar em anjo de luz para enganar os próprios eleitos é possível (2 co 11.14), mas um servo de Deus apregoar tamanha baixaria no púlpito, este servo foi conduzido por Satanás e deve ser retirado do ar e pedir publicamente à igreja toda perdão pela sua ignorância e falta de santidade

    ResponderExcluir
  2. Uma das maiores mentiras das assembléias é a cobrança de dízimos na nossa era da graça devemos sim construir com ofertas não com dízimos que fazia parte da lei.

    ResponderExcluir
  3. Uma das maiores mentiras das assembléias é a cobrança de dízimos na nossa era da graça devemos sim contribuir com ofertas não com dízimos que fazia parte da lei.

    ResponderExcluir
  4. Prezado autor, A Paz do Senhor! Compreendo sua indignação contra a heresia, no entanto, discordo da responsabilização feita ao superior desse cidadão. Esse post no qual comento será sempre atual, até que o senhor publique outro. Poderia informar aos seus leitores, dentre os quais com satisfação em encontro, o que ocorreu com esse "herege" após esse escândalo publicado? Se preferir nos informe também qual a projeção atual do mesmo. Obrigado!

    ResponderExcluir